• Paróquia Santo Antônio

O que é a Indulgência Plenária que a Igreja concederá a quem rezar com Papa pelo fim da pandemia?

A oração e bênção "Urbi et Orbi" do Papa Francisco na emergência do coronavírus, será transmitida pelas redes sociais. Àqueles que se unirão espiritualmente a este momento será concedida a Indulgência Plenária segundo condições estabelecidas no recente decreto da Penitenciária Apostólica.




Há uma grande expectativa em toda a Igreja pelo encontro de oração que o Papa Francisco propôs para esta sexta-feira, 27 de março de 2020. Às 18h no horário da Itália (14h no horário de Brasília), católicos de todo o mundo são convidados a se unir espiritualmente ao Papa por meio da mídia. Ele irá que presidir um momento de oração que durará cerca de uma hora, do patamar da Basílica de São Pedro, com a Praça vazia, pedindo a Deus que livre a humanidade do novo coronavírus (Covid-19).

"Ouviremos a Palavra de Deus, elevaremos a nossa súplica, adoraremos o Santíssimo Sacramento, com o qual, ao final, darei a Bênção Urbi et Orbi (à Cidade de Roma e ao mundo), à qual está ligada a possibilidade de receber a Indulgência Plenária", disse o Papa Francisco no Angelus do último domingo, 22 de março. Como explica a Sala de Imprensa da Santa Sé, nesta circunstância especial, nas proximidades da porta central da Basílica, será colocada a imagem da Salus Populi Romani e o Crucifixo milagroso da Basílica de São Marcelo. Depois de ouvir a Palavra de Deus, o Papa Francisco fará uma meditação. O Santíssimo Sacramento será exposto no altar localizado no átrio da Basílica do Vaticano e, após a súplica, seguirá o rito da Bênção "Urbi et Orbi" com o Santíssimo.

Então o cardeal Angelo Comastri, arcebispo da Basílica de São Pedro, pronunciará a fórmula para a proclamação da Indulgência.


A partir das 14h desta sexta-feira, o Facebook da Paróquia Santo Antônio de Bento Gonçalves (www.facebook.com/paroquiasantoantoniobg/) irá compartilhar o sinal do Vatican News, canal oficial de comunicação do Vaticano. "Queremos responder à pandemia do vírus com a universalidade da oração, da compaixão, da ternura. Permaneçamos unidos. Façamos com que as pessoas mais sozinhas e em maiores provações sintam a nossa proximidade", nos incentiva o Papa Francisco.



O que é a Indulgência Plenária?

A Indulgência Plenária oferecida pela Igreja é um dom a ser oferecido com grande generosidade, no qual são perdoados os pecados. Um momento especial para esse presente que a Santa Sé concede, por meio do Ministério Petrino, a quem Jesus deu o poder de perdoar, é a bênção Urbi et Orbi, que será dada de forma extraordinária em meio à pandemia do Covid-19.


Todos os anos, o rito é celebrado no dia de Natal e no dia da Páscoa, as maiores festas cristãs. Além dessas datas, a bênção é concedida no dia da eleição de um novo Papa, logo após o resultado do Conclave.


O Decreto da Penitenciária Apostólica explicita, entre outras, as seguintes condições para que se receba a Indulgência Plenária:


Para obter a Indulgência plenária, os doentes de coronavírus, os que estão em quarentena, os profissionais de saúde e familiares que se expõem ao risco de contágio para ajudar quem foi afetado pelo Covid-19, também poderão simplesmente recitar o Credo, o Pai-Nosso e uma oração a Maria. Os outros poderão escolher entre várias opções: visitar o Santíssimo Sacramento ou a adoração eucarística ou ler as Sagradas Escrituras por pelo menos meia hora, ou rezar o Terço, a Via-Sacra ou o Terço da Divina Misericórdia, pedindo Deus a cessação da epidemia, o alívio para os doentes e a salvação eterna daqueles a quem o Senhor chamou a si. A Indulgência Plenária também pode ser obtida pelos fiéis que, no momento de morte, não tiveram a possibilidade de receber o Sacramento da Unção dos Enfermos e do Viático: neste caso, recomenda-se o uso do crucifixo ou da cruz.




0 visualização
SOBRE NÓS

Em Bento Gonçalves, desde 1878 (data da primeira festa) e desde 1884, data da criação desta paróquia, Santo Antônio é venerado como padroeiro do município. A nossa trajetória é repleta de fé. Em 1875, chegaram os primeiros imigrantes italianos e, em 1876, fora enviado pelos bispos italianos, o padre Bartolomeu Tiecher. Neste ano, foi celebrado a primeira missa junto à cruzinha, localizada em frente ao Santuário. 

Em 1934, quando comemorou o 50º aniversário da Paróquia Santo Antônio, a comunidade recebeu o decreto de elevação da igreja matriz para Santuário Diocesano de Santo Antônio. No dia 31 de dezembro de 2019, foi celebrado o Jubileu de 85 anos do Santuário.

LOCALIZAÇÃO

(54) 3452-1634

R. Mal. Deodoro, 263 - Centro, Bento Gonçalves - RS, 95700-000

secretaria@paroquiasantoantoniobg.com.br

CONECTE-SE