• Paróquia Santo Antônio

Casa Pão dos Pobres da Paróquia Santo Antônio é lugar de valorização do ser humano

As cinco frentes de trabalho atendem milhares de pessoas mensalmente, com serviços que vão desde a distribuição de cestas básicas até o trabalho com chás e fitoterápicos




A Paróquia Santo Antônio é uma referência em Bento Gonçalves. A sua relevância está nas diversas frentes de trabalho pastoral, solidário e religioso, para o atendimento à comunidade local. Seguindo os ensinamentos de Jesus e da Igreja nascente, apoiada nos pilares da Palavra, do pão, da ação missionária e da caridade, e também os exemplos do Padroeiro, torna-se lugar de cuidado e valorização da vida e da dignidade humana. Um desses serviços é a Casa Pão dos Pobres, que reúne as ações de atendimento aos migrantes, distribuição de cestas básicas, confecção e distribuição de fraldas geriátricas, Sociedade Beneficente Santo Antônio, Bazar Santo Antônio, além da Pastoral da Saúde.


Mesmo em meio à pandemia do Covid-19, a Paróquia Santo Antônio não deixou de atender e cuidar dos mais necessitados. Ao longo de 2020, foram distribuídas 64 toneladas de alimentos, além de 96 mil fraldas. O mesmo ritmo de trabalho realizado pelas Irmãs Pastorinhas e pelos voluntários se repete neste ano. Somente no mês de junho foram entregues 527 ranchos, num total de 7.000 quilos de gêneros alimentícios. Este trabalho conta com a generosidade da comunidade de Bento Gonçalves, uma vez que nunca faltaram doações para a montagem das cestas básicas.


Desta forma, a confecção de fraldas geriátricas também registra aumento na demanda, chegando a preparar 5.000 unidades por mês. O setor, que tem 25 voluntários, conta com um cadastro de distribuição de 200 pessoas, sendo que cada beneficiário recebe 40 fraldas mensalmente e colabora com o valor de R$ 10,00. Já o Bazar Santo Antônio atende semanalmente mais de 100 pessoas, com a disponibilização de peças de roupas, cobertores e utensílios domésticos com preços simbólicos, além da doação de diversos itens. Os valores são revertidos à Casa Pão dos Pobres e outras entidades do município.





A Sociedade Beneficente Santo Antônio também se destaca pelo atendimento às pessoas em vulnerabilidade social, bem como a Pastoral da Saúde. Conhecida como “Farmacinha do Padre Júlio”, a Pastoral disponibiliza métodos de saúde alternativa com chás e fitoterápicos, além de momentos de acolhimento e escuta das pessoas que procuram o serviço.


Na tarde da última quarta-feira, 14 de julho, representantes destes serviços de atendimento aos necessitados se reuniram para avaliar as ações e rezar. Todo o trabalho da Casa Pão dos Pobres está baseado na mística do Bom Samaritano e em comunhão com os documentos da Igreja.





O pároco, padre Ricardo Fontana, participou do encontro e, além de avaliar positivamente o dinamismo da missão, também agradeceu a dedicação de tantas pessoas. “A dimensão da caridade sempre fez parte, desde a Igreja nascente, vista como Casa de Deus, Igreja doméstica, fundada nos quatro princípios: da Palavra, da fração do pão, das orações e da caridade. Então a caridade faz parte desde o princípio da Igreja e especialmente fez parte da vida de Santo Antônio, quando dizia que a palavra é forte quando são as obras que falam. Além de ser um grande pregador do Evangelho e de cuidar dos doentes, ele nunca descurou do cuidado com os pobres. E aqui, a Casa Pão dos Pobres, estabelecida na Paróquia Santo Antônio, também é sustentada por essas quatro colunas. Temos a alegria de, a partir da mística antoniana, continuar este trabalho, respondendo aos desafios do tempo presente, da pandemia. Deus continue abençoando a Casa Pão dos Pobres, esta dimensão da caridade e todas as pessoas de boa vontade, homens e mulheres, que se dedicam a cuidar da vida, especialmente dos mais pobres”, salientou.


77 visualizações0 comentário