top of page
  • Foto do escritorParóquia Santo Antônio

Santa Missa no Santuário Santo Antônio, irá recordar o Centenário Sacerdotal de Bento Gonçalves

A Missa será presidida pelo padre Cristian Fabiani, natural de Bento Gonçalves, ordenado em maio de 2023, no contexto do Centenário; ele é o 69º padre que a cidade deu à Igreja desde a ordenação do padre Tomé Lunelli, em 1923




"Bento Gonçalves: videira de vocações" é o lema que motiva o Centenário Sacerdotal de Bento Gonçalves, que comemora os 100 anos da primeira ordenação de um padre nascido no município. À época, em 11 de novembro de 1923, em São Leopoldo, foi ordenado sacerdote o padre Tomé Lunelli, natural da capela de São Valentim de Bento Gonçalves, hoje atendida pela Paróquia São Roque. Ele celebrou sua primeira Missa solene na Igreja Matriz, hoje Santuário Diocesano de Santo Antônio de Bento Gonçalves, em 15 de novembro de 1923. Padre Tomé atuou como sacerdote diocesano da Arquidiocese de Pelotas.


Para marcar a data, que culmina o Centenário Sacerdotal aberto em novembro de 2022, na quarta-feira, 15 de novembro, às 18h, justamente 100 anos após a primeira Missa do padre Lunelli, o Santuário Santo Antônio irá acolher a celebração, em memória a esse acontecimento. A Missa, será presidida pelo padre Cristian Fabiani, natural de Bento Gonçalves, ordenado em maio de 2023, no contexto do Centenário.


Serão convidados para a Missa solene os padres que nasceram em Bento e nos distritos ao longo dessas décadas. O padre Cristian é o 69º padre que a cidade deu à Igreja, sendo eles diocesanos e religiosos. A celebração terá a presença dos jovens do Grupo Vocacional de Bento Gonçalves e dos seminaristas do Curso Propedêutico. Ao final, eles farão uma apresentação musical para os presentes.




276 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page