• Paróquia Santo Antônio

Quadro de 1877, que deu início aos festejos de Santo Antônio retorna ao acervo da Paróquia em Bento

Moldura de Santo Antônio foi trazida de Pádua pelo padre Giovanni Menegotto, que deu início à Festa do Padroeiro de Bento no ano de 1878. A imagem estava na residência da família de Miguel Archângelo Lorenzini desde a década de 1980




O quadro histórico que deu início aos festejos de Santo Antônio em Bento Gonçalves retornou, nesta semana, ao acervo da Paróquia. Às vésperas da 144ª festa, a mais antiga da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul, a moldura que foi trazida da Itália pelo padre Giovanni Menegotto em 1877 foi entregue pela família Lorenzini ao pároco, padre Volmir Comparin.


A primeira edição da festa de Santo Antônio, padroeiro de Bento Gonçalves, foi realizada em junho de 1878, sob a coordenação do padre Giovanni Menegotto, sacerdote de Pádua, Itália, designado para atuar como capelão da então colônia Dona Isabel. O evento foi crescendo no decorrer dos anos até se transformar na maior festa religiosa do município.


Foto da década de 1940: Valério Lorenzini e o Monsenhor Antônio Zattera | Acervo da Paróquia


Valério e João Lorenzini eram sócios dos padres Carlistas Scalabrinianos no empreendimento chamado “Gráfica Bento Gonçalves”, que imprimia o jornal Il Corriere d´Itália, editado pelo padre Henrique Poggi. Quando o impresso encerrou sua circulação em 1927, a tipografia mudou de endereço e o quadro acompanhou a alteração de local e, depois do fechamento da empresa, na década de 1980, foi levado à residência de Miguel Archângelo Lorenzini, filho Valério, já falecido.


A moldura foi entregue ao padre Volmir pelas netas de Valério, Márcia e Fátima Lorenzini. “Ficamos com o coração um pouco apertado ao entregar o quadro, porque essa imagem nos acompanha há muito tempo, mas sabíamos que era importante que mais pessoas pudessem vê-la e que a história de Santo Antônio em nossa cidade tivesse sua base cada vez mais sólida. Somos muito devotos de Santo Antônio e nossa ligação com a Paróquia também é de longa data, por isso fizemos a entrega”, resume Fátima.


A imagem foi desgastada pelo tempo e será restaurada pela Paróquia Santo Antônio após a festa. Quando retornar, será colocada no Santuário Santo Antônio que celebra, também em 2022, os 100 anos da imagem do Padroeiro que está sobre o altar-mor.

143 visualizações0 comentário